segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

HISTORIA DOS JOGOS DE RPG - 3° Parte


HISTORIA DOS JOGOS DE RPG
Do Wargame ao live-action

Influências históricas e culturais
na sua construção.

3° Parte

Por Luciano Mota Bastos

Neste ponto do trabalho, apresentamos o surgimento dos clubes de wargame e das associações de clubes de wargame, berço dos primeiros periódicos e das CONs, as famosas convenções de jogos, ambos foram influentes fontes de inspiração para o surgimento dos RPGs, como vamos ver adiante, e de onde surgiu a GenCon que possibilitou o encontro das “duas mentes” por trás do lançamento do primeiro RPG do mundo.
            Na segunda guerra mundial os jogos de guerra tornaram-se tão populares na Alemanha que passaram a ser usados sistematicamente nas simulações de operações táticas e estratégicas, mas já antes da 2° GM, nós já vimos o registro dos primeiros Wargame Clubs, esse surgimento somado ao aumento do número de adeptos e das empresas de jogos e miniaturas foi responsável por crescimento substancial do hobby nos EUA.
            Nos Estados Unidos esses wargames foram encarados com certa desconfiança pelos militares, mas o público civil, que começou a se divertir com os jogos de guerra, promoveu um notável processo de aperfeiçoamento produzindo nos mínimos detalhes as condições reais de grandes batalhas da história antiga e moderna. Graças a esse movimento conquistaram em pouco tempo um enorme número de adeptos e entusiastas.
O número de clubes de wargame cresceu de uma maneira tão consistente, que periódicos e revistas especializadas, começaram a ser publicadas, não só os novos clubes podiam agora ter acesso as novidades como os hobby shops, mas as lojas que vendiam os wargames podiam fazer suas propagandas. Novas empresas de fabrico de miniaturas e wargames começaram a ser criadas e já nessa época, verdadeiros imortais dos jogos começaram a surgir. Esse é mais um elemento na trajetória dos wargames que seria responsável pela criação dos RPGs, nesse ponto, vamos poder ler sobre o surgimento de empresas que lançaram as primeiras regras de combate medieval, o que acabou levando dois jovens a escrever o primeiro set de regras para jogos de Guerra com Miniaturas e com elementos de fantasia.



Charles S. Roberts e a Avalon Hill
Mas uma das mais importantes contribuições feitas por um indivíduo para a popularização dos jogos e dos jogos de guerra é criação dos primeiros jogos de tabuleiro comerciais da história vendidos nas clássicas caixas de cartonado, esse segmento do mercado de entretenimento foi criado por um homem simples de mente brilhante chamado Charles Swann Roberts ou simplesmente Charles S. Roberts o “pai dos jogos de guerra de tabuleiro”.
Roberts é conhecido como um empresário empreendedor e pioneiro, norte americano, ele criou o jogos de tabuleiro modernos, o primeiro a criar uma linha de jogos comercias e vende-los para o grande público, mas a história do seu trabalho e a contribuição da sua empresa a Avalon Hill games foi muito mais importante na história dos jogos de RPG do que é de conhecimento geral, seus jogos atraíram milhares de entusiastas e sua empresa publicou jogos imortais como o Tatics e o Outdoor Survival, mas vamos um pouco de sua história.

 
Charles S. Roberts, (1930 – 2010), homem de negócios e Designer de Jogos criou em 1952 o primeiro wargame moderno (um jogo de tabuleiro de guerra) e a primeira companhia de jogos de guerra (e tabuleiro modernos) do mundo. É importante lembrar que até esse momento, o público não contava com o suporte de empresas dedicadas exclusivamente aos jogos de guerra, vários wargame clubs e seus associados desenvolviam seus conjuntos de regras e muitas empresas produziam os soldados de brinquedo, que deram origem as modernas miniaturas de guerra, mas até 1952 uma empresa dedicada a esse mercado não existia, na verdade a Avalon Hill Games deu inicio a esse mercado.

Roberts criou seu primeiro board-wargame Tactics em seu apartamento em Catonsville, Maryland em 1952, mais tarde, já em Avalon também Maryland, ele começa a vender por correio - num negócio de garagem – seu jogo Tactics com nome The Avalon Game Company que em 1958 se tornou oficialmente Avalon Hill. Já sobre o selo da Avalon Hill ele lança seu Tactics II que não só melhora as regras do seu predecessor e amplia as opções estratégicas, como introduz a conhecidíssimas tabelas de resolução, que ficaram famosas não só nos wargames e boardgames como no jogos de PRG, Rolemaster que o diga!


 
Fig.26 - Alguns logos da Avalon Hill em diferentes fases.

 
Fig.27 - Caixa do Jogo Tactics II – 1958

            Como vimos, a Avalon Hill games deu inicio ao mercado de jogos de tabuleiro comerciais em larga escala e deu inicio aos jogos de guerra de cartonado, os famosos wargames de papel, como são conhecidos no Brasil. O designer de Jogos, entusiasta e estudioso dos jogos de guerra e criador da WargameCon e do Castelo das Peças, dois dos mais antigos e conhecidos eventos de wargames e boardgames no Brasil, Antonio Marcelo,  (veja Riachuelo Games, www.riachuelogames.com.br), costuma brincar que os wargames de cartonado são os “jogos de guerra de papelzinho” e afirma que os jogos de guerra tiveram um impacto enorme no mercado de jogos desde a sua criação.
Mas existe muito mais do que sua influencia no mercado de jogos e uso das tabelas de resolução na mecânica dos jogos de RPG no trabalho da Avalon Hill, pois em 1972 ela lança o Outdoor Survival, um jogo de sobrevivência em ambiente selvagem onde escoteiros, tem que enfrentar encontros com animais selvagens, sede, fome e outras adversidades, esse jogo foi importante por causa de seu mapa hexagonal, que era usado pelos primeiros jogadores de Dungeons & Dragons para representar o terreno de jogo e seu movimento através de terras selvagens, alem das regras de movimentação e racionamento das refeições de viagens, hoje conhecidas no Brasil como “kit do aventureiro feliz”. Na primeira edição do Dungeons & Dragons, dentro do primeiro livreto regras Men & Magic, na página 5 podemos ler: 

 
Fig.28 - “Equipamento recomendado:
Dumgeons and Dragons (você tem ele!)
Outdoor Survival (disponível no seu revendedor de jogos ou direto pela Avalon Hill Company, 4517 Harford Road, Baltimore MD 21214)...”

Ou seja o jogo era indicado diretamente pela TSR para ser comprado e usado junto com o Dungeons & Dragons, na época Dungeons and Dragons.

Abaixo vemos algumas imagens do Outdoor Survival, quem olha para essa caixa nem imagina que o jogo teve um papel tão importante na história dos jogos de RPG.

.29 - Caixa do Outdoor Survival 1972, um ano depois o primeiro RPG do mundo, Dugeons e Dragons seria lançado

Fig.30 - As peças componentes do Outdoor Survival, (reparem na semelhança dos mapas dos cenários clássicos dos jogos da TSR.

Outro importante elemento da cultura de jogos desse período foram as revistas especializadas que começaram a surgir depois de 1952, mas antes disso e dentro do modelo das modernas revistas de Hobby Games produzidas depois da segunda guerra mundial a 1° lançada é a revista The General (O general de 1964) que foi publicada inicialmente pela Havalon Hill games como revista de suporte aos jogos de guerra da Avalon Hill, era publicada bimestralmente e foi em parte o modelo pelo qual os demais periódicos de Wargame foram publicadas nesse período.

 
Fig.31 - Capas de algumas fases da The General da Avalon Hill

Mas ainda não temos uma ligação direta desses periódicos com a história do RPG certo?... errado! a Strategy & Tactics começou sua vida como um fanzine escrito por Chris Wagner (que trabalhou como sargento auxiliar da Força Aérea Americana no Japão), já de volta aos Estados Uniados, Wagner publicou sua revista para ser uma concorrente da revista O General da Hanvallon Hill Games, mas em 1969 a revista passava por sérios problemas financeiros, então Jim Dunnigan aceitou assumir a revista fundando a Simulations Publications, Inc. (SPI) uma das mais importantes empresas a divulgar e criar jogos de guerra e que passou então a publicar a S&T. Mas o curioso na história da S&T é que Dunnigan pagou a Wagner a quantia de 1(um) dólar pelos direitos de publicação da revista, essa história aparentemente absurda foi confirmada por Wagner num entrevista apresentada na S&T n° 83 com título, “The Kaiser's Battle”.

A Simulations Publications Inc ou SPI

A SPI agregou muita diversão com diversidade aos jogos de guerra, somou esforços com a literatura fantástica, ficção científica e horror para produzir as mais variadas linhas de jogos, dês de os jogos de esportes aos jogos de ficção num futuro distante. Vale apena erguer aqui um altar a SPI sua fantástica colaboração ao Hobby, a popularidade da SPI era tão grande na década de 70 que a empresa produziu um infomercial, que segue abaixo, para promover o jogo, até hoje é muito amada pelos jogadores que a conheceram ou pelos jogadores atuais que ainda compram e colecionam seus jogos nos leilões virtuais ou lojas especializadas.

video

Mas continuamos nossa historia falando da S&T, mas qual a importância em se falar da Strategy & Tactics? Ela se dá pelo fato de que uma publicação da revista na década de 60 aguçou o interesse de Feff Perren, amigo de Gary Gygax e membro da International Ferderantion of Wargaming e levou a publicação do Chainmail como veremos mais a frente.

A International Federation of Wargaming (IFW, ou Federação Internacional de Jogos de Guerra) foi fundada por Ernest Gary Gygax, Bill Speer, and Scott Duncan em 1966, originalmente chamada The United States Continental Army Command, ela era uma organização que agrupava vários clubes de wargame locais como, Lake Geneva Tactical Studies Association e a Midwest Military Simulation Association.

Fig.32 - Reunião da IFW, década de 60, prévias para GenCon.



A IFW era dividida em capítulos cada um com interesses específicos como a  Castle & Crusade Society, que promovia os jogos de guerra medievais, e a Armored Operations Society, que tinha ênfase nos jogos de guerra da II Guerra Mundial.
The IFW organizou a sua primeira convenção anual em Malvern, Pennsylvania em julho de1967, também publicou uma revista chamada The Spartan (O Espartano de 1969) que maios tarde se chamaria International Wargamer. Também patrocinou a convenção antecessora a GenCon. A IFW ajudou aos jogadores a compartilharem suas idéias e promoveu encontros de jogadores de diferentes partes do país, ela continuou ativa até 1974.

A Lake Geneva Tactical Studies Association (LGTSA) foi um proeminente clube de jogos de Guerra ativo em Lake Geneva, Wisconsin durante a década de 60 e 70. Seus membros incluíam os acima citados, Gary Gygax, Terry and Rob Kuntz, Jeff Perren, Mike Reese, Leon Tucker, e Don Kaye. A organização reunia-se semanalmente no porão da casa de Gygax e produziu um set de regras de miniatura de nome LGTSA (mesma inicial do grupo) que foi incialmente publicado em sua revista interna a Domesday Book (que nunca foi impressa além de 80 cópias) e que depois de ampliada e revisada por Gygax e Perren foi lançada pela Guidon Games como Chainmail em 1971.

Mas um fato importante que passa desconhecido na história do Chainmail é que o que levou Perren e Gygax a escrever Chainmail foi interesse de ambos pelas batalhas de figuras medievais, principalmente da idade das trevas e o lançamento de um conjunto de regras na revista Strategy & Tactics chamado Siege of Bodenburg, criado por Henry Bodenstedt, ele foi um dos primeiros conjuntos de regras dedicados as miniaturas medievais, no caso as miniaturas produzidas pela Elastolin Miniatures e manufaturadas pela O&M Hausser. É Interessante perceber como o lançamento desse set de regras foi importante, porque foi graças e ele que Gygax, assediado por seus colegas principalmente Perrenm ,desenvolveu as regras de combate medievais da LGTSA e lançou o Chainmail. O Sige of Bodenburg foi tão influente que o mapa do castelo da aventura Village of Hommlet 1979, foi baseado no mapa do Siege. Abaixo nós vemos o fantástico apelo visual do cenário do jogo (primeiro a ser lançado assim em 3D pronto para jogar) e das peças da Elastolin.

Fig.33 - O Modelo em 3D do castelo do jogo Siege of Bodenburg 1967. Um verdadeiro castelo pronto para o jogo, o primeiro modelo pronto do gênero.


Fig.34 - Revista Strategy &Tactics 1967 número 6. Apresentação do set completo de regras para miniaturas medievais com peças da Elastoilen

Fig.35 - A influência do Siege of Bodenburg foi tão grande na publicação do Chainmail que vemos aqui uma foto (do interior do livro de regras do Chainmail), mais precisamente página 7, onde podemos ver a base e o portão do castelo do modelo do Siege apresentado acima (detalhe em vermelho).


Fig.36 - As miniaturas da Elastolin, muitas seriam usadas nos primeiros jogos de RPG e serviriam de modelo pela qual as próximas gerações desenhariam suas peças.

Bem... até aqui vimos a importância dos jogos de guerra e da formação dos Clubes de Jogos de Guerra, vimos como as revistas e trabalhos como os da Avalon Hill que abriram caminho para um mercado de Hobbye Games e como isso influenciaria as pessoas e permitiria o nascimento do D&D. Na próxima parte vamos ver o surgimento da Gencon, da literatura de fantasia e a união entre cenários fantásticos e os jogos de guerra, berço dos jogos de PRG.

4 comentários:

  1. O "Outdoor Survival" está a venda no e-bay por meros 20 dolares.

    http://www.ebay.ca/itm/OUTDOOR-SURVIVAL-WILDERNESS-AVALON-HILL-WARGAME-OOP-/170739447252?pt=FR_YO_Jeux_JeuxSociete_JeuxRoles&hash=item27c0dd35d4

    Brega

    ResponderExcluir
  2. É foi lá que eu comprei o meu! HEhehehehehe

    ResponderExcluir
  3. hehehe.
    Ôoooo vício!
    :O)

    ResponderExcluir
  4. É, como eu falei no churrasco, sou DOOOOOOIDO pela história do D&D, apesar de estar bastante triste com a 4° ED e com a notícia absurda de uma 5° ED já para 2013.

    ResponderExcluir