quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Oficina de RPG: Levando o RPG para a Escola

Estou montando aqui no Rio de Janeiro uma Oficina de RPG. A atividade será realizada na escola Oga Mitá (Rua Maxwell, 194 - Vila Isabel), como "hora extra", ou seja, como atividades fora do período de aulas (como capoeira, judô, xadrez, etc).

A idéia é fornecer aos participantes um pouco dos fundamentos da história do jogo, (aqui e lá fora), contato com diferentes sistemas,  contrução de fichas, etiqueta em mesas, criação e condução de aventuras, sites e locais onde o RPG pode ser jogado, etc.
E, claro, também vamos colocar a molecada para jogar!



Os sistemas serão, a princípio,  sistemas como Aventuras Fantásticas, 3d&T, Tagmar 2, Dragon Age, alguns RPGs indies a serem pinçados, e talvez "Old Dragon". Ambientações que não sejam de ambientação medieval fantástica e outros sistemas serão incluidos de acordo com a frequência e interesse dos participantes.

Além de ajudar a criar uma nova geração de aficionados pelo RPG, a idéia é também dar algum alento a questões de desenvolvimento, como socialização, raciocínio lógico, ética, resolução de problemas, questões de identidade, aprendizado pelo lúdico, entre outros aspectos (não vou encher vocês com isso no momento). 



Em principio, a faixa etária almejada é de 12 -16 anos, mas não tenho nada contra, se houver interessados, devo abrir também o espaço para crianças um pouco mais novas e adultos (é complicado, mas não é impossível).

Custo: Se for se manter a média da escola para atividades como aulas de Xadrez, o preço estimado deve ficar em torno de 70 reais mensais (é a escola quem define o preço a partir dos custos que ela própria tem de arcar na média para colocar atividades em prática).
Há um valor de inscrição que, se forem mantidos os valores do ano passado, será algo em torno de 25 reais.

Frequencia e horário: Duas vezes por semana, salvo alguma alteração de ultima hora, das 18:00 às 19:30, às terças e quintas.

Início: 14 de fevereiro (aula possivelmente aberta a todos os interessados, já que muitos não sabem o que é RPG).

Contato Oga Mitá: Tel:3271-1916 / maxwell@ogamita.com.br (Falar com Fátima)

"Brega", vulgo Pedro.

5 comentários:

  1. Que legal Brega! Se precisar de alguma ajuda, estamos aí.

    Cara, dá uma olhada no Terra Devastada do John Bógea! É um RPG de zumbi, mas o sistema é bem simples e funcionaria em qualquer cenário. Ele é bem narrativo, o que acho que seria ótimo para iniciantes.

    ResponderExcluir
  2. Brega excelente iniciativa! O jogo de RPG vem perdendo terreno para jogos eletrônicos e MMOs, mostrar para a molecada a boa e velha interação de mesa é muito bom!

    Luciano Tolkien

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pela iniciativa, Brega. Lhe desejo sucesso nessa empreitada. E aliás, eu vi q vcs vão jogar Aventuras Fantásticas. E como vc já sabe, eu tô criando um retro-clone do AF. Eu devo começar a postar alguma coisa, em forma d fragmentos, à medida q o tempo me permitir. C quiser usar o material pra fazer um playtest com a moçada, eu mando pra vc depois. Vlw.

    ResponderExcluir
  4. José,
    AF foi o primeiro RPG que joguei (logo depois comecei a jogar Cyber 2020).
    Alias, já comecei mestrando, pq ninguém mais era doido para tentar isso de cara.

    Eu vou incluir, sim, AF com a molecada, e a gente pode fazer um player test com eles (vamos ver como vai ser a participação, que ainda não sei).

    Diogo:
    Cara, valeu. Eu vou usar o D&D caixa vermelha como uma das coisas a apresentar para a molecada. Não ia, porque sou péssimo em D&D, mas com a caixa vermelha estalando na prateleira, é inevitável usar. Se precisar de ajuda, te dou um grito, pode ficar tranquilo, e obrigado.

    No mais, a idéia é essa mesma, trazer a molecada para perto do RPG de mesa outra vez. Nada contra os eletrônicos, mas mesa é mesa. Bati um papo monstro com o Luciano "tolkien" sabado (3/2/2012) e ele tbm me passou o nome de muito livro bacana.

    Se a empreitada der certo, a ideía é , também, que outros possam abrir este tipo de atividade em escolas, SESCs (um em São Paulo já fez algo similar) e afins.
    Tem MUITA coisa que se pode trabalhar em pedagodia e RPG e é um universo que pode ser expandido.
    Brega.

    ResponderExcluir